A prisão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do Brasil

A prisão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do Brasil


A prisão de Sérgio Cabral

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi preso em novembro de 2016 por envolvimento em desvios de recursos públicos. Cabral é acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A prisão de Cabral é resultado das investigações da Operação Lava Jato, que desvendou um esquema de corrupção que envolvia empreiteiras e políticos em todo o país. As investigações revelaram que Cabral recebia propinas milionárias em troca de obras públicas no estado do Rio de Janeiro. O ex-governador chegou a ser condenado a mais de 280 anos de prisão em diversas ações penais, mas a pena foi reduzida para 198 anos em segunda instância. Ele está preso desde novembro de 2016 em um presídio do Paraná. A prisão de Sérgio Cabral foi um marco na luta contra a corrupção no Brasil e representa a punição de um político que usou seu cargo para enriquecimento pessoal e prejudicou a população do estado do Rio de Janeiro.