A prisão do ex-presidente Michel Temer, do Brasil

A prisão do ex-presidente Michel Temer, do Brasil


A prisão do ex-presidente Michel Temer choca o Brasil

Na última quinta-feira (21), o ex-presidente Michel Temer foi preso mas a Polícia Federal em São Paulo. A prisão foi decretada pelo juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela operação Lava Jato no Rio de Janeiro. Temer é acusado de liderar uma organização criminosa que teria desviado cerca de R$ 1,8 bilhão em contratos públicos. Temer foi presidente do Brasil de 2016 a 2018, após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Durante seu mandato, foi alvo de diversas investigações, mas nunca chegou a ser condenado. Agora, porém, a situação é diferente. A operação da Polícia Federal, batizada de Descontaminação, investiga há dois anos o envolvimento de Temer em esquemas de corrupção.

Reação da sociedade brasileira

A notícia da prisão do ex-presidente gerou grande repercussão na sociedade brasileira. Alguns comemoraram a prisão e acreditam que ela é um importante passo no combate à corrupção no Brasil. Outros, porém, questionam a legalidade da prisão e acreditam que ela faz parte de um jogo político. Independentemente das opiniões, é inegável que a prisão do ex-presidente Michel Temer marca mais um capítulo na história do Brasil. A Lava Jato já revelou muitos esquemas de corrupção envolvendo políticos e empresários brasileiros, e a prisão de Temer mostra que a operação continua firme no seu propósito de limpar o país.